Crítica: A Roda do Tempo

A Roda do Tempo” é uma das maiores apostas da Amazon Prime. A série baseada nos livros de mesmo nome, promete ser uma nova “Game of Thrones”.

A Roda do Tempo

Como dito no início, a série já chega com a pressão de ser comparada com um dos maiores sucessos da HBO. Entretanto há algo que anima aqueles que são fãs, o material original já tem seu final. Os livros da saga são, aproximadamente, 11 livros. Além deles há também contos e outras publicações. Dessa forma, a primeira temporada já chega com a certeza de um segundo ano.

Como toda grande saga, sua mitologia é complexa. Nesse universo temos uma “Roda”. Cada pessoa está sujeita a sua influencia em suas vidas, porém algumas tem papeis mais determinantes. Dentre essas pessoas temos o “Dragão”, que é uma pessoa capaz de canalizar o “Poder Único” com maestria. Entretanto seu destino é construir um mundo novo e melhor ou trazer a ruína do atual.

A Roda do Tempo

Essa temporada trata principalmente da introdução ao universo e para isso acompanhamos Moraine, membra de um grupo de poderosas mulheres. Ela busca pelo Dragão e os maiores candidatos são cinco jovens: Rand, Egwene, Nynaeve, Mat e Perrin. Essa primeira jornada é recheada de aventuras, principalmente após a divisão do grupo. Os cuidados de ambientação é incrível, a cenografia e ambientes são ricos em detalhes. Tão importante quanto, os figurinos apresentam parte da estrutura, principalmente na Torre Branca. Além disso a série já tomou rumos deferentes em alguns arcos, mas respeitando o material, claro. Tais mudanças se mostraram positivas e necessárias, tanto para atingir um público maior ou deixar alguns assuntos mais maduros.

A Roda do Tempo” tem um universo rico e interessante. Certamente uma boa aposta para uma nova série de fantasia que move multidões.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 0 Average: 0]

Frednunes

Fred, primeiro de meu nome, técnico em Gestão Pública, mestre pokémon, nerd, pós graduado em Comunicação, viciado em séries, duelista, MBA em Gestão de Pessoas, administrador, apresentador e dono do Futari.

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.