Crítica: Liga da Justiça – Snyder Cut

Liga da Justiça – Snyder Cut” é a versão do diretor Zack Snyder sobre o filme “Liga da Justiça” da Warner. Mas para além da crítica do filme, é bom pontuar que a empresa atendeu a uma pedido dos fãs.

Liga da Justiça - Snyder Cut

Zack Snyder é um dos maiores nomes envolvidos no universo da DC nos cinemas. Afinal, foi a partir dos seus filmes que esse universo começou a ser mais visto. Mas também vale mencionar que é o mais criticado. Durante as filmagens de “Liga da Justiça”, uma tragédia pessoal fez com que ele fosse afastado e a versão final do filme se distanciasse um pouco das suas intenções. Entretanto, anos se passaram e muitos fãs pediam que fosse lançada essa versão do diretor. Assim, em 2021 temos o tão esperado lançamento.

Na essência os filmes são o mesmo, mas bem diferentes. Afinal, com quase quatro horas de duração, seria mesmo possível desenvolver uma outra história. A maior diferença está na presença de Darkside, que levanta dois pontos: primeiro é que tinha sim a intenção de um segundo filme; a segundo é que o corte dele não fez tanta diferença.

Liga da Justiça - Snyder Cut

Mas se algo ganha destaque é o quanto as coisas fazem mais sentido e como os personagens são apresentados. Flash ganha uma história e não aparenta apenas “empurrar” os inimigos. Cyborg tem um aprofundamento bem maior em sua história e chega a ser um outro personagem. Aquaman aqui deixa tudo que ocorre em seu filme com mais sentido. Já Diana e Batmam permanecem bem fiéis.

Liga da Justiça – Snyder Cut” é um filme pedido pelos fãs e certamente feito para eles. Agora fica a dúvida, será que ele seria tão elogiado se tivesse sido a versão oficial?

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 2 Average: 4.5]

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Tiago disse:

    O filme é legal, mais 4 horas de filme é bem longo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.