Crítica: Três Metros Acima do Céu: 2ª Temporada

Três Metros Acima do Céu” volta para sua segunda temporada na Netflix, mas novamente não traz nada de muito novo.

Três Metros Acima

Já na primeira temporada descrevi como a série não traz muitas novidades ao gênero. Porém, mesmo assim, estamos com uma segunda temporada dessa produção italiana. O trailer, devo confessar, se mostrou ainda menos atrativo que a primeira chamada, mas também deixa a proposta de novos namoros e outros personagens que são somados ao elenco.

Para manter a proposta original e até mesmo o trocadilho com o nome de Summer, há um salto temporal. Inclusive já no trailer vemos que ela e Ale não se falam desde os acontecimentos da temporada anterior. Por se tratar de uma série adolescente, o roteiro apostou em trazer uma nova personagem que é a atual namorada de Ale, tornando a previsibilidade ainda maior. Entretanto, é também uma forma interessante de fazer com que Summer procure por voos ainda mais altos em sua vida profissional. Porém, é estranho ter um gatilho maior para Summer seguir esse caminho, afinal esse espírito empreendedor era o que a destacava dos colegas.

Três Metros Acima

Agora, a sensação é que a corrida do campeonato de Ale é o que faz a série se mover. Edo ainda é o mais interessante dos personagens, mas estar apaixonado por Summer o deixa preso ao triângulo amoroso clichê. Infelizmente, esse “vai não vai” do casal protagonista chega a tornar a série menos aceitável. Dario é o alívio cômico com todas as suas aventuras.

Três Metros Acima do Céu” pode fazer sucesso em sua terra natal, o que torna possível uma terceira temporada. Mas fora dela, a trama cheia de personagens “oks” e dramas clichês fazem ela se perder diante da grande quantidade de produções do gênero que foram lançadas ultimamente.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 0 Average: 0]

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.