Crítica: Amor Sem Medida

Amor Sem Medida” é uma comédia nacional da Netflix que se viu no meio de polêmicas que afetam seu desempenho na plataforma.

Amor Sem Medida

Ivana é uma advogada recém divorciada que acaba perdendo seu celular. Ricardo Leão, um famoso cirurgião é quem encontra o aparelho. Ricardo procura por Ivana e marca um encontro para devolver o aparelho, mas chegando no local a moça se surpreende com a diferença de altura entre os dois. Agora Ivana tem de escolher entre a pressão familiar ou seguir seu coração.

O filme é quase uma cópia de “Um Amor a Altura”, a personificação do meme “copia, mas não faz igual”. Essas incríveis semelhanças já deixam o filme em uma posição complicada de comparação. Mas ainda sim, a mensagem contra preconceito é válida e merece o destaque.

Amor Sem Medida

Entretanto o filme peca no mesmo ponto que tenta valorizar-se. Ricardo leão é um personagem com nanismo, que inclusive reflete sobre isso. Mas Leandro Hassum tem 1,80 de altura, e é diminuído digitalmente para viver o papel. Sendo assim, temos um filme que luta contra um preconceito perpetuando o mesmo. Ainda sim o humor do filme é válido, com a maioria das piadas funcionando. Sabem como explorar os cenários e conduzir as tramas secundárias delicadamente. Não só ou outros aprendem a lidar com o preconceito contra Leão, mas ele também aprende com seus próprios erros.

Amor Sem Medida” tem uma mensagem bacana e um humor válido, mas infelizmente é mais lembrado pela contradição e quase cópia.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 0 Average: 0]

Frednunes

Fred, primeiro de meu nome, técnico em Gestão Pública, mestre pokémon, nerd, pós graduado em Comunicação, viciado em séries, duelista, MBA em Gestão de Pessoas, administrador, apresentador e dono do Futari.

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.