Crítica: O Mundo Sombrio de Sabrina: Parte 4

O Mundo Sombrio de Sabrina” chega na Netflix para sua temporada final, mas ela funciona mais separada do todo.

O Mundo Sombrio de Sabrina

Uma das séries mais populares da plataforma, Sabrina teve um cancelamento que foi uma surpresa para todos. Ainda assim, essa notícia fez seu efeito no enredo, dando tempo de gravar a última cena. Nessa temporada deveríamos acompanhar as consequências da terceira, mas infelizmente não aconteceu.

No núcleo mortal, Sabrina Spell vive a vida da adolescente que frequenta a escola, e é “vela” dos amigos. Entediada com a vida pacata, acaba até por forjar o sobrenatural para ter aventuras com seus amigos. No inferno, Sabrina Morningstar vive uma vida de rainha e até se casa com seu antigo rival. Mas tudo muda quando os “Terrores do Sobrenatural” invadem Greendale e ambas passam a agir contra eles.

O Mundo Sombrio de Sabrina

Infelizmente, a escolha e óbvia esperança de mais uma temporada fez essa ser desconexa das outras. Cada terror vindo em um episódio e os antigos atritos ainda em aberto deixam um gosto misto. Isoladamente, foi uma temporada do nível das demais, mas com uma consistência melhor. Apesar de quase ignorados anteriormente, os amigos de Sabrina ganham um pequeno destaque dessa vez. Theo e Robin, provavelmente, teriam um papel na expansão do universo com o reino das fadas. Ross, agora que sabe que é uma bruxa, poderia ter tido a vida dupla de Sabrina.

O Mundo Sombrio de Sabrina” termina entregando tudo que os fãs da série pediam. E isso nem é força de expressão. O final, apesar de triste, entrega o casal dos sonhos. Toda essa temporada é focada do fã service, mas abre mão de sua história para isso. Claramente um aquecimento para o futuro, ela entregou um final morno.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 2 Average: 2]

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.