Crítica: O Legado de Júpiter – 1ª Temporada

O Legado de Júpiter” é a mais nova série de heróis da Netflix. Mas embarcando na onda das produções voltadas para os adultos, ela se perde nela mesma.

O Legado de Júpiter

Outros serviços de streaming vem se destacando com séries de heróis que fogem um pouco do padrão. Mais recentemente tivemos “Invencível” e a Netflix até tem “Umbrela Academy“. Mas já é de se esperar que uma nova equipe de heróis surgisse para seguir com esse público. Afinal, mesmo com o sucesso, Umbrela está próxima do fim, com o encerramento do material original.

É nesse contexto que temos a introdução dessa série no catálogo. Mas se o gênero já vem sofrendo no cinema com a saturação, era de se esperar que o mesmo ocorresse. Infelizmente, foi “O Legado de Júpiter” que escancarou isso, mas não pelo momento, mas sim pelos defeitos que se destacaram mais do que deveriam.

O Legado de Júpiter

O diferencial seria o conflito de gerações antigas com a mais recente, pensando e agindo diferente do código que guiou seus pais. Além disso, também a pressão por ser filho e ter que se tornar aquilo que seu pai era/espera de você. Seguindo uma estrutura de flashbacks semelhante ao que ocorria em “Arrow”, temos passado e presente sendo apresentados simultaneamente. Entretanto, em “Arrow”, os fatos estavam relacionados, mas não sabíamos como iria se desenrolar. Aqui, no presente somos lembrados o tempo todo de onde a jornada do passado levou, e as consequências dela. O que implica em menos tempo no presente e menos desenvolvimento dos personagens. Para a plataforma e seus 8 episódios, a sensação que ficou é que depois do segundo, nada avança de forma dinâmica.

O Legado de Júpiter“, provavelmente, não será cancelada e por conta disso pode haver uma redenção há caminho. Mas, por enquanto, é fraca perante as semelhantes.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 1 Average: 1]

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Anônimo disse:

    nao gostei muito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.