Crítica: O Mundo Sombrio de Sabrina – Parte 2

O Mundo Sombrio de Sabrina‘ voltou com sua segunda parte neste mês. Apesar da queda em quase todos os aspectos, ao menos a série manteve sua proposta inicial!

O Mundo Sombrio de Sabrina

Embora a série tenha ganhado a continuação e a promessa de uma parte três, senti que muito se perdeu. Enquanto somos levados a crer que Sabrina se tornou um pouco má, vemos que nada disso aconteceu. No final das contas, o Batismo de Sangue só lhe tornou mais poderosa!

No decorrer dos episódios essas mudanças são mais percebidas. Nick, por exemplo, perdeu grande parte do que fazia dele um personagem interessante. Até mesmo Ambrose, que foi um dos maiores destaques, retornou meio morno. Quem sabe essa sensação se dê pelo fato de que não são mais novidades, porém ainda acho que só ficaram mais normais e sem graça.

Em contrapartida, temos o núcleo mortal se sobressaindo. Susie passa pela transição de gênero e sem auxílio da magia! Rosalind perde sua visão, mas a recupera, deixando de lado ou postergando o que deveria ser o preço de seus poderes. Harvey é o mais perdido dentre eles e poderia muito bem ser desconsiderado. Infelizmente, a construção deles foi tão boa que ficaria claro o final das suas participações na série.

O Mundo Sombrio de Sabrina

Os vilões são interessantes, mas mal explorados. Mesmo Satan aparecendo como a grande ameaça, no final ele se mostrou mediano ou menor. Até mesmo o Padre Blackwood, já saturado por sinal, se mostrou melhor. Lilith é a única deles que merece um reconhecimento pela inteligência e condução dos acontecimentos.

Nos resta esperar pela parte três de O Mundo Sombrio de Sabrina para avaliarmos o todo. Mas deixo aqui um último conselho, economize seu precioso tempo e pule o quarto episódio da temporada. Que mancada, Netflix!

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 2 Average: 3.5]

Frednunes

Fred, primeiro de meu nome, técnico em Gestão Pública, mestre pokémon, nerd, pós graduado em Comunicação, viciado em séries, duelista, MBA em Gestão de Pessoas, administrador, apresentador e dono do Futari.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Deborah disse:

    Essa serie da medo!!!

  2. Tiago disse:

    Sem duvida a serie mais sombria já criada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.