Crítica: Sense 8

Sense 8” é uma das séries mais originais que tivemos nos últimos tempos. Mas, infelizmente, sofreu por conta da conta. Ainda sim foi uma sortuda, pois após apelo dos fãs, teve uma conclusão.

Sense 8

A série da Netflix contava a história de um grupo de oito pessoas. Cada uma delas tinha sua vida própria, distantes uns dos outros e com estilos de vida diferentes. Mas o que conectava elas era um estranho vínculo psíquico, que as faziam estar umas com as outras, independente da distância. Esse foi o “calcanhar de Aquiles” da série. Afinal, o trabalho de edição era bem grande, fora o orçamento para viajar com toda a equipe para cada uma das localidades. Assim, no quesito “custo benefício”, mesmo tendo uma boa recepção, ela não conseguiu se manter.

Mas, ainda na história, o mais rico é justamente esse detalhe. Com elenco bem diversificado e realidades tão distintas, o roteiro fez ser natural as diferentes abordagens e temas. Algo assim é difícil de se ter, principalmente de não parecer “forçado”. Entretanto, tal complexidade também afastou um pouco da audiência, porém a tornou um símbolo em outros grupos.

Sense 8

A trama principal é a perseguição desse grupo por meio de outro que caça iguais a eles. Além das ramificações nas causas pessoais de cada um deles. Ao todo foram duas temporadas, no qual ao final de cada uma há um episódio especial. Após a primeira tivemos o especial de Natal e, após a segunda, e com a confirmação do cancelamento, fizeram um episódio especial para o encerramento. Infelizmente, mesmo com a sorte de ter tido um final, esse é claramente corrido e deixa muitas pontas.

Sense 8” tinha muito mais a oferecer. Afinal, toda ficção da série aparentava estar muito bem estruturada e seria explicada ao tempo certo.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 0 Average: 0]

Frednunes

Fred, primeiro de meu nome, técnico em Gestão Pública, mestre pokémon, nerd, pós graduado em Comunicação, viciado em séries, duelista, MBA em Gestão de Pessoas, administrador, apresentador e dono do Futari.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Deborah disse:

    Complexa

  2. Tiago disse:

    Serie interessante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.