Digimon Survive

Digimon Survive” é um dos jogos azarões, que recebem inúmeros anúncios de lançamento, mas que sempre acabam sendo adiados. Entretanto, a espera acaba em julho de 2022 e agora, com ele terminado, eis nossas opiniões.

Digimon Survive

Oito crianças são levadas para um mundo diferente durante um acampamento de verão. Nesse lugar conhecem oito criaturas que se tornas suas parceiras. Enquanto buscam o caminho para casa, exploram todo o lugar e crescem junto com seus parceiros, tentando sobreviver e desvendar um mistério antigo. Esse resumo poderia muito ser o da série clássica de Digimon, mas aqui é o jogo e as criaturas recebem o nome de “Kemonogami”.

O jogo é no estilo de visual novel, ou seja, suas decisões afetam como a trama se desenvolve. Além disso, sua relação com seus amigos também pode afetar a forma para qual o parceiro irá evoluir. Porém, enquanto seu Agumon varia constantemente, a linha é fixa nos demais com ramificações apenas na última forma, infelizmente. O modelo de estratégia é interessante, mas para quem gosta de batalhas, só fica difícil e frequente mesmo quase no fim. Antes é texto, muito texto.

Digimon Survive

Clássico do gênero, o jogo tem múltiplos finais. Entretanto, o “verdadeiro” só pode ser alcançado após terminar a primeira aventura. Afinal, o jogo torna impossível você salvar alguns personagens na primeira, mesmo que tenha a afinidade suficiente. E sim, realmente já que eu poderia ter evitado a primeira morte se não fosse obrigatória. A exploração é limitada a cenários estáticos, sem um “passeio pelo mapa”. Também temos um número pequeno de criaturas, mas faz sentido já que boa parte das lutas principais exige que usemos os parceiros dos demais personagens.

Digimon Survive” é legal, mas poderia ser melhor, ainda mais pela demora em seu lançamento.

Frednunes

Fred, primeiro de meu nome, técnico em Gestão Pública, mestre pokémon, nerd, pós graduado em Comunicação, viciado em séries, duelista, MBA em Gestão de Pessoas, administrador, apresentador e dono do Futari.

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.