Crítica: Pinóquio (2022)

Pinóquio” chega no Disney+ como mais um dos live action de contos clássicos da Disney, mas será que assim perde a magia ou nós que crescemos?

Pinóquio (2022)

A história do garotinho de madeira que quer se tornar um menino de verdade está longe de ser uma novidade. Até por isso, a cada nova adaptação temos os estúdios colocando um pouco de si nelas. Assim, com sua versão animada, a Disney fez um sucesso tão grande que quando pensamos hoje, é sempre dela que vem a primeira memória. Na tentativa de se destacar, os demais apostam em histórias mais realistas, com computação gráfica, estilos e traços distintos e até terror.

Se tem uma coisa que os remakes vem tentando fazer, é tornar as coisas mais reais. Entretanto, como fazer isso se no conto temos uma estrela que é uma fada, um boneco de madeira que quer se tornar um menino de verdade, um grilo falante, garotos que viram burros para serem escravizados ou até mesmo uma baleia que engole navios? Bom, a resposta é tirar a magia, cortando tudo que seria extra. Mas nos tópicos listados, nenhum daria pra cortar, exceto a baleia que vira um monstro marinho, bem mais realista, né?

Pinóquio (2022)

No filme o grilo fala que não podemos confiar em quem se diz honesto, principalmente se for empresário. Uma fala bem sensata, diga-se de passagem. Contudo, será que podemos acreditar e comprar uma fantasia que teima em tentar se fazer real? Tenta tanto que o desfecho clássico, ao final, é apenas mencionado, pois seria fantasioso demais um boneco enfim virar um garoto de verdade.

Pinóquio” chega a ser um desserviço vindo da empresa que mais transmite magia no mundo.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 0 Average: 0]

Frednunes

Fred, primeiro de meu nome, técnico em Gestão Pública, mestre pokémon, nerd, pós graduado em Comunicação, viciado em séries, duelista, MBA em Gestão de Pessoas, administrador, apresentador e dono do Futari.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Dayane disse:

    Amei o vídeo, concordo plenamente com a crítica!!!!

  2. Dayane disse:

    Amei o vídeo, concordo plenamente com a crítica!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.