Yu-Gi-Oh! The Dark Side Of Dimensions

Yu-Gi-Oh! The Dark Side Of Dimensions” foi um filme que eu assisti nos cinemas, em pleno território japonês. Mas, mesmo assim, ele não é o melhor dos três.

The Dark Side Of Dimensions

O primeiro filme chegou para dar um extra e aproveitar a fama do anime. O segundo, por sua vez, foi o épico crossover entre os três protagonistas que comemorou os 10 anos do anime. Esse é o de comemoração dos 20 anos mas, diferente do anterior, não faz relação direta com a temporada Vrains e é uma enxurrada de nostalgia. Resumindo, Kaiba ainda inconformado por não ter derrotado Atem, quer seus duelos. Entretanto, como sabemos, Atem retornou ao mundo dos espíritos no final da saga clássica. Porém, como nunca foi um bom perdedor, financia uma escavação atrás dos itens do milênio para remontar o Enigma e ter sua partida.

Apesar de ter uma história principal, que se tornou paralela, é melhor se apegar a essa já que ela é absurdamente confusa e desnecessária. Mesmo Diva, o vilão, só está no filme para que tenhamos um inimigo. Porém, o protagonismo é todo dele, Seto Kaiba. Yugi também está no filme, mas ficou bem apagado.

The Dark Side Of Dimensions

Kaiba consegue reunir as peças depois de um duelo foda onde ele inclusive invoca “Obelisco, O Atormentador” e tem a frase épica: “Ele não é um monstro, é um Deus!”. Sua soberba também é característica marcante já que ele precisou ir para lua, no seu elevador, para montar o Enigma. Apesar disso, duas peças faltavam, uma estava com Diva e outra com Yugi. Assim, ocorre um duelo entre eles, onde novamente Kaiba se une a Yugi e num momento salvador Atem surge dando o golpe final.

Yu-Gi-Oh! The Dark Side Of Dimensions” é um excelente filme, mas peca pela confusão da história e das regras questionáveis nos duelos.

Nossa nota
Nota dos leitores
[Total: 0 Average: 0]

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.